sábado, 3 de abril de 2010

ARTIGO - COMUNICAÇÃO SAUDÁVEL

ARTIGO "COMUNICAÇÃO SAUDÁVEL" - 1ª Edição-REVISTA ENERGIA (Adriana Roveroni)
"COMUNICAÇÃO SAUDÁVEL"

É impossível não se comunicar. Mesmo no silêncio, a comunicação se faz presente. Nos gestos, na postura, nas atitudes; e muitas vezes, nem percebemos. Em algumas situações estes sinais “falam” mais que palavras.
Quando pensamos em Comunicação, logo lembramos das mídias: rádios, revistas,jornais, televisão, outdoor, internet, etc...
Realmente a Comunicação está presente em tudo. Mas tudo mesmo. No que vemos e no que não vemos, através de mensagens subliminares (nem percebemos, mas a comunicação está alí.);
No nosso dia-a-dia, a Comunicação chega até nós a todo instante, através de todas as mídias, mas, principalmente, permeiam nossos relacionamentos , sejam eles, amorosos, familiares, amizades, trabalho, etc... Nos comunicamos, uns com os outros,o tempo todo.
Esquecemos disso. Percebem? Nos comunicamos a todo momento, sem perceber, sem atentar para as palavras, para as posturas, para a forma, para a entonação do que estamos falando. E pior, na pressão do tempo, esquecemos , principalmente, que falamos com Seres Humanos.
Criticamos, ofendemos, magoamos , e nem percebemos mais. Ou, nem nos importamos mais.(?) Problema do outro (?)
Uma das maiores queixas no consultório psicológico, atualmente, são os “problemas nos relacionamentos”. Pode ser com a esposa (o), namorada(o), amigo (a), sócio(a), chefe, colega de trabalho, colega de comunidades ou clubes, enfim a lista é imensa. Afinal, somos seres sociais.
E o que o Ser Humano utiliza para se relacionar? A linguagem, a comunicação, a expressão.Através das palavras ou do próprio corpo.
Tudo é Comunicação: um olhar, um toque, um sorriso, uma palavra, um movimento, ou seja, de qualquer forma, estamos sempre comunicando algo (positivo ou negativo).
O que podemos perceber é que o individualismo , o excesso de competição, a era da informação e globalização, nos tornou menos sensíveis ao “outro”. A preocupação é consigo mesmo.
Claro, que precisamos pensar em nós mesmos em primeiro lugar, senão não sobrevivemos. Mas não SÓ em nós mesmos. Esse é o erro.
Quando vamos nos dirigir a alguém, devemos lembrar de como gostaríamos de ser tratados. Com acusações? Críticas? Julgamentos? Grosseria? Aspereza? Parece tão simples a resposta, não é?
Mas , infelizmente,o que vemos no dia-a-dia são atritos nos relacionamentos, por estes motivos expostos e por outros mais.
Perdemos o respeito com o Ser Humano? Passamos a ser um número ou uma máquina , uns para os outros?
Perdemos a capacidade de empatia (se colocar no lugar do outro)? Perdemos a capacidade de sentir? De Amar?
Como estamos nos comunicando? Esta é a principal reflexão que quero propor pra vocês, hoje.
Reflita:
. Estou expressando realmente o que sinto ou estou calando e chutando o “cachorro” depois?
. Extremamente sincero, sem medir as palavras e magoando as outras pessoas?
. Falando o que penso, mas pensando, também, no outro com o qual estou me relacionando?

Hum.. é claro que todos nós temos a tendência de responder que escolhemos a terceira opção (politicamente correta). Porém, sabemos que nem sempre agimos assim.É mais fácil acusar o outro, em vez de refletir minha própria forma de comunicação.
O que proponho é algo mais , uma profunda reflexão da forma como estamos nos comunicando em todos os ambientes: família, amizades, comunidades, trabalho, etc... Lembrando que, permanecemos a maior parte de nosso tempo no trabalho. Onde a Comunicação se torna ainda mais importante.
O que estamos cultivando através de nossa comunicação? Relacionamentos superficiais, muitas vezes? Mágoas guardadas a sete chaves? Ou ainda, rancores expostos a cada comunicação, de forma subliminar , implícita, velada?
O que ganhamos com isso?
Só perdemos. Perdemos a possibilidade de viver um bom dia, uma vida mais agradável, ao redor de pessoas mais agradáveis. E tenho certeza que alguém já está pensando: Ah, mas tais pessoas não se tornarão mais agradáveis.
E eu pergunto: Você já tentou? Todos nós queremos, temos necessidade, de nos sentir importantes. Se eu me comunicar de forma melhor com tais pessoas, além de fazer minha parte, posso estar trazendo um enorme benefício para os relacionamentos.
Toda mudança depende de um começo, e este começo está em cada um de nós. Não adianta ficarmos apontando e esperando dos outros.
Eu sempre pergunto: Estamos escolhendo vivenciar “laços “emocionais ou “nós” emocionais??
E na maioria das vezes, os problemas de convivência surgem porque nossos relacionamentos já viraram verdadeiros “nós”
Quando chegamos neste ponto, a Comunicação não consegue mais se estabelecer. Um fala, o outro não ouve (já criou suas próprias crenças e verdades absolutas). Por falar nisso,existe verdade absoluta????
Que tal nos desarmarmos destas verdades inexistentes, destas crenças tendenciosas sobre as pessoas, e nos abrirmos para uma Comunicação mais HUMANA?

A comunicação é uma ferramenta para nos aproximar, e não distanciar.

Bem vindos a uma Comunicação Saudável.
Até a próxima.
Adriana Roveroni – psicóloga clínica, convidada do Programa “Descendo do Salto” da Rádio Energia FM / apresenta o Programa “Viva Melhor”, - (NET TV)- Domingo - TVC Canal 2 – 12h00 . email:aroveroni@hotmail.com

link para você assistir este tema no meu Programa "Viva Melhor":
http://www.youtube.com/watch?v=t5rn7PCdei4
http://www.youtube.com/watch?v=f3m6LL9z1io&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=Hag7Zl1d7Ns&feature=related

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

9 comentários:

  1. Dri, olha...adorei a Revista e o seu texto. Parabéns à voce e a Radio Energia .
    super beijo
    Fa

    ResponderExcluir
  2. Dri,Parabéns pelo marailhoso trabalho!
    Para nós é um prazer termos uma amiga, tão especial e talentosa como você !!
    Sucesso Sempre !!!!

    Equipe do Portal Show&Art e Dani Pessôa

    www.showeart.com.br

    Bjão, fica com Deus !!!!

    ResponderExcluir
  3. Ana Carolina Padula Romano6 de abril de 2010 17:51

    Dri Parabéns!!!
    Nem preciso dizer que sou sua fã né....
    Deus te abençõe...sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  4. Carol (Padula)

    Você uma querida
    Mto grata pelo carinho
    fã...que coisa fofa...
    bjos
    Dri

    ResponderExcluir
  5. Dani (Portal Show&Art)
    Em eventos nos encontramos, fotos lindas tiramos e aqui nos falamos..que bom...
    muito carinho viu????
    bjos
    Dri

    ResponderExcluir
  6. Fá (Professora)
    Você não é professora, você é um anjo que ensina...
    muito obrigada.bjos Dri

    ResponderExcluir
  7. Oieee...não vou ficar rasgando a seda aqui, porque você sabe o quanto te admiro! Sempre e incondicionalmente.

    Beijokas...estou com saudade, "tia" rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. Olá Dri.
    Parabéns! O conteúdo está muito bom.
    Particularmente achei muito interessante o artigo sobre comunicação. No ambiente corporativo percebemos que muitos dos problemas não são ocasionados por falhas de processos ou desqualificação de pessoal ou qualquer outra coisa, mas sim devido a falta ou falha na comunicação.
    Novamente parabéns!
    Abraço
    Messa.

    ResponderExcluir
  9. Oi Messa tudo bem com vc? Sempre muito atencioso, muito querido. Muito grata pelo carinho. Concordo plenamente...um grande abraço . Adriana

    ResponderExcluir